Bolo de Alfarroba Diet com Cobertura de Creme de Cacau

Minha sogra tem diabetes por isso agente sempre tenta achar algum jeito dela poder comer doce, sem que faça mal.  Encontrei essa semana na loja de produtos naturais Grão de Bico, a Alfarroba e achei bem legal: não contém glúten, não contém açúcar, não contém lactose, caramba o que tem nesse negócio então? No caso a alfarroba é muito utilizada como substituto do chocolate para pessoas com diabetes, intolerância a lactose e alergia ao cacau. É um fruto, parecido com o cacau, da alfarrobeira, que promete ser mais saudável e menos calórico. Quanto a ase é realmente melhor, eu não sei.  O que eu sei é que fica ótima em um bolo:

A ideia era fazer um bolo totalmente sem adição de açúcar. Procurei e procurei e procurei na internet receitas, mas não fiquei satisfeita e acabei fazendo uma receita doida, mas lá vai ela:

4 ovos
1 pote de iogurte diet natural
1 colher de sopa de manteiga
150g de açúcar diet
150g de farinha de trigo
150g de alfarroba
150g de doce de goiaba (pode ser substituído pelo de outra fruta)
1 colher de sopa de fermento em pó

É bem simples, primeiro misturar os ovos com o açúcar, a manteiga e o iogurte. Acrescentar o doce de goiaba.  Adicionar a farinha de trigo com a farinha de alfarroba, misturar bem, e acrescentar o fermento em pó, e misturar novamente. Untar forma de bolo inglês com manteiga e farinha, despejar a mistura. Levar ao forno pré-aquecido por 15 minutos, temperatura média, por cerca de 50 minutos. O bolo fica bem escuro, mas isso é por causa da alfarroba mesmo.

creme de cacau

1/2 xícara de leite desnatado
1 xícara de achocolatado diet (usei meia xícara de cacau sem açúcar + meia xícara de açúcar diet)
1 colher de chá de manteiga

Colocar tudo em uma panela e levar ao fogo, mexendo sempre, até engrossar. 

Derramar sobre o bolo e pronto. Eu gostei mesmo, me surpreendi, mas é um bolo bem forte, para quem gosta é ótimo, caso você queira pode diminuir a quantidade de alfarroba adicionando a mesma quantidade de farinha de trigo.

Até




2 comentários:

M Godinho disse...

OLA BOA NOITE/TARDE OU DIA ESTIVE A NOTAR A SUA PREOCUPACAO C ALIMENTAÇAO MAS DEVIA CONSIDERAR O GLUTEM DA FARINHA DE TRIGO E O MAL Q O GLUTEM FAZ; NOTE SFF VARIAS PESSOAS C AS QUAIS TENHO APRENDIDO MUITO ULTIMAMENTE ( IVANDELIO SANCTUS, LAIR RIBEIRO, JAIME BRUNING, FALCON BEM COMO OUTROS C MUITA EXPERIENCIA E DIFRENTES ESTILOS DE APRESENTAR AS MESMAS COISAS) TEM A FARINHA DE ARROZ Q N TEM GLUTEM, N SEI SE SERA 1 BOA OPÇAO, DE QUALQUER FORMA OBRIGADA PELA SUA APRESENTAÇAO E PENA DE N TER PODIDO FAZER O TEXTE DESSE BOLO, CONTINUE A FAZER AQUILO Q ACREDITA SER O MELHOR 2/2/15 GODINHO

Erika Emrich disse...

Se sua sogra é diabética, " açúcar diet", não adianta nada! O açúcar light tem menos calorias, mas tem SACAROSE, pó isso, nós diabéticos não podemos consumir! Devemos usar adoçante culinário para forno e fogão. Quanto ao glúten, quem não tem doença celíaca pode sim, consumir. A não ser que tenha recomendação expressa de excluir da alimentação por suspeita de intolerância ou alergia. Estamos vivendo uma verdadeira " Torre de Babel" nutricional, com essa " caça às bruxas" condenando o GLÚTEN.Acontece que muitos alimentos usados em substituição ao trigo,,contém índice glicêmico muito elevado, causando picos de insulina em diabéticos. Além da perda de nutrientes presentes no trigo, aveia e cevada. Para mudanças drásticas na alimentação, é preciso consultar nutricionista.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...